Topo
pesquisar

Blindagem eletrostática

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Em uma aula sobre condutores em equilíbrio eletrostático não é possível esquecer a famosa experiência de Faraday e sua gaiola. Algumas vezes, quando falamos sobre esse experimento, os alunos não dão muita importância porque parece bobo imaginar que uma gaiola seja capaz de impedir que alguém dentro dela sofra algum tipo de descarga elétrica.

Mas foi exatamente o que Faraday fez: provou que isso é possível.

É interessante analisarmos de forma prática como isso foi provado. Podemos reproduzir o experimento, afinal, o objetivo principal é mostrar aos alunos que as cargas elétricas se distribuem na superfície condutora, seja ela oca ou maciça.

Para reproduzir a gaiola de Faraday você irá usar :

• Uma peneira de aço ou alumínio
• Uma peneira de plástico
• Um pedaço de tubo PVC fino
• Papel picado (papel de seda)
• Um pedaço de papel higiênico
• Folha de isopor

O primeiro passo é mostrar aos alunos quando não existe a blindagem eletrostática. Isso será feito com a peneira de plástico.

Coloque os papéis picados sobre a folha de isopor e, por cima das folhas, a peneira de plástico virada de cabeça para baixo.

Em seguida, eletrize o tubo de PVC esfregando o papel higiênico nele.

Depois de realizar o atrito, aproxime o cano da peneira e observe que os papéis que estão sob a mesma serão atraídos e se encostarão na parte superior, perto do cano.
 


Experimento realizado com papel de seda e peneira de plástico

 

Depois de mostrar à turma que o plástico não impede a condução eletrostática, repita o experimento, mas agora com a peneira de aço.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Você deve mostrar que mesmo realizando tudo exatamente da mesma forma, a peneira de aço ou alumínio irá fazer com que o experimento tome outro rumo.

Após atritar o cano e trocar as peneiras, aproxime o cano eletrizado da peneira de aço. Note que nada acontece com os papéis de seda picados que estão na parte interna da peneira. Isso porque a peneira de aço age na forma de condutora eletrostática e de equilíbrio, o que significa que as cargas elétricas se distribuem em sua superfície, tornando essa carga nula no seu interior.
 


Experimento realizado com papel de seda e peneira de aço

Um exemplo cotidiano de blindagem eletrostática é o carro. Em dias chuvosos é comum ouvir que é melhor esperar dentro do carro até que a chuva passe do que sair dele. A capota do carro age como a peneira de aço, impedindo que as cargas elétricas de eventuais raios passem para a parte interna do carro, ficando, então, em sua superfície.

Outro exemplo que pode ser citado durante o experimento é que todos os aparelhos eletrônicos são envoltos em placas metálicas, que servem para proteger a parte interna do aparelho, evitando danos causados por influências elétricas.
 

Por Talita A. Anjos
Graduada em Física
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de EnsinoEducador - Brasil Escola 

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola