Topo
pesquisar

Construção de um terrário

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE



Modelo de terrário em construção.

A litosfera é onde os seres vivos habitam, é nela que se encontra o solo. Quando o professor de Geografia estiver trabalhando um conteúdo que envolve a litosfera, mais precisamente, os solos, poderá recorrer a uma alternativa muito interessante para o aprimoramento do conhecimento, a construção de um terrário.

Entretanto, antes da construção do mesmo é preciso que o professor conceitue o tema, o solo. Informando os alunos que os solos são formados a partir da fragmentação de rochas, e que tal processo acontece através das erosões provenientes do vento, chuva, calor, além de microrganismos.

É de suma importância que se apresente a função que ele possui de recurso natural renovável, isso em virtude de sua capacidade de ser aproveitado e reaproveitado (um solo pode ser usado para plantio várias vezes, por exemplo). Além de informar sobre a sua relevância para os seres vivos, inclusive o homem. É nos solos que as plantas nascem, formando a flora do planeta, sem contar que nos mesmos o homem cultiva seus alimentos (hortaliças, cereais, frutas, legumes, entre outros) e uma grande variedade de matéria-prima.

Logo após a apresentação dessas e outras informações, de acordo com o critério do professor, o mesmo pode realizar uma aula prática, com intuito de reforçar o conhecimento e vivenciar o conteúdo estudado. Esse trabalho prático aqui sugerido é o terrário, que representa as possíveis camadas que os solos possuem. Para isso, são necessários alguns materiais, como:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

• 1 aquário vazio, que também pode ser substituído por uma garrafa pet ou um vidro grande.
• Brita grossa e fina.
• Terra.
• Areia.
• Pedras

Estruturação do terrário

Etapa 1: Coloque primeiramente as pedras de maneira que cubra todo o fundo do recipiente.

Etapa 2: Em seguida, coloque a brita grossa e depois a fina.

Etapa 3: Espalhe a areia.

Etapa final: Espalhe a terra.

Dessa forma, está pronto a constituição experimental de um esboço de solo. Caso queira integrar com a disciplina de ciências, pode-se plantar sementes para fornecer informações acerca da germinação dos vegetais. A composição do solo por meio desse trabalho prático permite que o aluno tenha uma visão estratigráfica do mesmo.

Essa é uma sugestão que pode sofrer alterações em sua aplicação e também em seu manejo, isso pode variar de acordo com a localidade, instituição, espaço físico da instituição e demais fatores que podem influenciar no processo.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Geografia - Estratégias de Ensino - Brasil Escola

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola