Whatsapp

Cromatografia em sala de aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Como separar os componentes da tinta de caneta?

A análise cromatográfica, mais conhecida como cromatografia, consiste num processo onde os componentes de uma mistura são separados e identificados pela cor.

Esta é uma técnica útil para descrever a composição de diversas substâncias, como, por exemplo, demonstrar os compostos presentes na tinta das canetas esferográficas. E é exatamente este o objetivo de nossa aula experimental: separar os componentes da tinta que faz sua caneta escrever.

Este conteúdo é uma sugestão de aula prática a ser inserida durante a aplicação do conteúdo: Separação de misturas (Química Geral).

Material

• Tira de papel branco (papel filtro ou A 4)
• 1 clip
• 1 lápis e 1 caneta
• 100 mL de Álcool
• 1 béquer de 500 mL (ou recipiente de vidro transparente)

Procedimento

1. O álcool vai funcionar como solvente: coloque-o no béquer;

2. Faça uma marcação “forte” com a caneta na extremidade inferior do papel (um pontinho);

3. Prenda a tira de papel, com a ajuda do clip, envolta do lápis;

4. Posicione o lápis perpendicularmente à boca do béquer. Apenas a ponta do papel deve ficar mergulhada no álcool;

5. Aguarde por alguns minutos e confira o resultado!

A montagem deve ficar assim:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Conclusão: os pontos vermelho e verde representam os componentes da tinta esferográfica em movimento, eles se formam à medida que o solvente (álcool) é absorvido pela tira de papel. As tintas de caneta, em geral, são compostas por pigmentos.

Os pigmentos (pontos) ficam separados em diferentes regiões do papel, assim fica fácil identificar quantas destas substâncias estão presentes, basta contar o número de cores que aparecem ao final do experimento.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola  

Química - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Veja aqui como o professor pode trabalhar a cromatografia em sala de aula.
Aprenda um experimento bem simples, que envolve colocar o giz no álcool como método de cromatografia, para você realizar com os seus alunos.