Cultura de protozoários

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Nesta aula, seus alunos conhecerão alguns exemplares de protozoários

Protozoários são seres eucariontes, unicelulares e heterotróficos. Alguns podem ser patogênicos, como os causadores da doença de Chagas e da toxoplasmose. Entretanto, há várias espécies de vida livre que podemos, inclusive, cultivar, a fim de trabalharmos em aula prática de laboratório.

Para tal atividade, serão necessários:

- Conta-gotas;
- Recipiente para cultivo;
- Algumas folhas de alface;
- Lâminas;
- Lamínulas;
- Microscópio;
- Clara de ovo;

Para cultivo, colocar água e algumas folhas de alface no recipiente. Este deve ficar exposto por, aproximadamente, uma semana.

Após este período, já poderão observar alguns microorganismos na água.

Com auxílio de pipeta, colocar uma gota da infusão na lâmina e cobri-la com lamínula.

Os protozoários já poderão ser visualizados ao microscópio.

Dicas:

Peça para que seus alunos identifiquem e desenhem as formas de vida encontradas. Com auxílio deste catálogo, eles terão condições de identificar quais tipos encontraram.

Permita com que todos seus alunos vejam todos os tipos de protozoários que forem visualizados, encaminhando-os para os microscópios específicos.

Faça-os observar a locomoção e estruturas que estes possuem para tal.

Para melhor acompanhamento dos movimentos destes organismos, adicionar uma gota de clara de ovo na lâmina, antes de colocar a lamínula.

Ao final da atividade, peça para a semana seguinte um relatório contendo introdução, os procedimentos da aula, protozoários encontrados (com desenho), seus sistemas de locomoção e classificação (ciliados, amebóides, flagelados ou esporozoários), de acordo com as características observadas.

Por Mariana Araguaia
Equipe Brasil Escola