Whatsapp

Diário de redação - Aula prática para professores de primeira fase

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Criança na biblioteca descobrindo a leitura

Dica de ótimo trabalho para estimular a leitura e escrita

A biblioteca da escola é bem utilizada não só pra que os alunos levem livros para casa, mas também durante o período escolar.
Uma boa dica é ter a aula da leitura: todos os alunos se encaminham em fila para a biblioteca da escola e escolhem um livro infantil de sua escolha. É importante que a biblioteca tenha um espaço para a criança, para que ela fique à vontade, bem acomodada. O ideal seria que tivesse colchonetes ou almofadas, para que, dessa forma, o aluno crie o hábito de leitura também em casa e não crie barreiras na mente quanto ao exercício de ler, tornando-o uma experiência prazerosa e tranqüila. Após ter lido a história em um tempo de 50 minutos, o aluno pode ter tempo de escolher algum outro livro para levar para casa e após, retornar para a sala em silêncio.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 O caderno de redação, que pode ser do menor que há no mercado, terá o título de “diário de redação”, nele o aluno irá escrever a história que leu. È importante informar ao estudante que o texto dever ser maior que 10 linhas e menor ou igual a 15, já que o professor vai corrigir cada uma das histórias. O aluno dever ter um tempo de 40 minutos para escrever esse diário e entregá-lo ao professor. Na próxima aula de leitura, já corrigido os diários, o professor escolhe três ou mais alunos que devem ler a sua própria história ou a de um colega. Importante deixar o aluno à vontade e não forçá-lo a ir à frente ou a ler sua história, porque pode causar possíveis traumas e aversão à aula de leitura.

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Português - Estratégias de Esnino - Educador - Brasil Escola

  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola