Whatsapp

Imagens do Brasil por Marc Ferrez

Estratégias de ensino-aprendizagem

Um dos pioneiros da fotografia no Brasil, Marc Ferrez é uma ótima inspiração para se estudar a modernização brasileira no século XIX e XX através de imagens.
Fotografia de um vendedor ambulante de frutas, por Marc Ferrez (1843-1923)
Fotografia de um vendedor ambulante de frutas, por Marc Ferrez (1843-1923)
PUBLICIDADE

Marc Ferrez (1843-1923) foi um dos principais fotógrafos brasileiros da história e um dos pioneiros da fotografia no Brasil. Seu trabalho profissional acompanhou as mudanças que o Brasil vivenciou na segunda metade do século XIX e no início do século XX, principalmente as imagens retratando a cidade do Rio de Janeiro.

A seguinte proposta de aula é uma ação pedagógica complementar, que o professor de história pode utilizar para retratar o cenário cultural e científico existente durante o reinado de D. Pedro II. A utilização de imagens pode proporcionar um estímulo a mais no aprendizado do processo de modernização brasileira iniciado em finais do século XIX.

Um passo inicial pode ser dado com a apresentação rápida da biografia de Marc Ferrez. Filho de Zepherin Ferrez (1797 - 1851), um escultor que veio ao Brasil com a Missão Artística Francesa, Ferrez ficou órfão muito novo. Entretanto, desde jovem, ele passou a frequentar a corte imperial no Rio de Janeiro. Em 1851, ele mudou-se para Paris, onde passou a morar com o escultor e gravador Alphée Dubois. Foi na capital francesa que Ferrez entrou em contato com a fotografia, trazendo para o Brasil em 1860 os materiais e instrumentos que iria utilizar nas décadas posteriores para retratar o país em imagens fotográficas.

Em 1867, ele montou sua própria empresa, a Marc Ferrez & Cia, oferecendo os serviços de fotógrafo, bem como vendendo cartões postais da cidade do Rio de Janeiro. Em 1873, um incêndio destruiu o estabelecimento, inclusive os materiais fotográficos que lá estavam estocados. Depois disso, Ferrez voltou a Paris para adquirir novos equipamentos.

Ferrez recebeu de D. Pedro II o título de Fotógrafo da Marinha Imperial. Participou como fotógrafo da Comissão Geológica do Império, o que proporcionou a ele uma viagem ao Nordeste do Brasil, retratando cenários e pessoas que encontravam no caminho. Com essa comissão, Ferrez tornou-se o primeiro fotógrafo a retratar os índios botocudos da Bahia. Mas a principal fonte de inspiração para Marc Ferrez foi o processo de urbanização do Rio de Janeiro, que se intensificou a partir do início do século XX.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O professor pode apresentar para os alunos as contribuições de Ferrez para a iconografia da história brasileira a partir de três aspectos: as paisagens naturais; as paisagens urbanas e obras públicas; e a população brasileira. Uma forma de avaliação pode ser conseguida ao se pedir aos alunos que apontem em textos as principais características dos objetos e pessoas retratadas por Ferrez, bem como também as diferenças que eles encontram em relação à situação atual do que foi retratado.

Abaixo segue alguns exemplos das fotografias de Marc Ferrez que podem ser utilizadas:

Visita do Imperado D. Pedro II ao túnel da Mantiqueira, por Marc Ferrez (1843-1923)

Visita do Imperado D. Pedro II ao túnel da Mantiqueira, por Marc Ferrez (1843-1923)

Vendedor ambulante no Rio de Janeiro, por Marc Ferrez (1843-1923)
Vendedor ambulante no Rio de Janeiro, por Marc Ferrez (1843-1923)

Criança indígena do Mato Grosso, por Marc Ferrez (1843-1923)
Criança indígena do Mato Grosso, por Marc Ferrez (1843-1923)

Estação da ferrovia Central do Brasil, por Marc Ferrez (1843-1923)
Estação da ferrovia Central do Brasil, por Marc Ferrez (1843-1923)

Morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, fotografado por Marc Ferrez (1843-1923)
Morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, fotografado por Marc Ferrez (1843-1923)

Cidade de Poços de Caldas, no interior de Minas Gerais, fotografada por Marc Ferrez (1843-1923)
Cidade de Poços de Caldas, no interior de Minas Gerais, fotografada por Marc Ferrez (1843-1923)


Por Tales Pinto
Mestre em História

  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola