Whatsapp

Indisciplina na Sala de Aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

A Matemática é uma disciplina que exige um alto nível de concentração, pois envolve a constante utilização de cálculos e interpretação de situações problemas. As salas indisciplinadas não oferecem nenhuma condição de aprendizado envolvendo qualquer disciplina, muito menos a Matemática. Antigamente a educação adotava um sistema tradicional que exigia dos alunos um comportamento bem parecido ao dos militares. Os atos indisciplinados eram punidos de forma repreensiva e violenta. Atualmente os castigos e a conduta violenta deram origem a uma nova escola baseada nos moldes da integração e interação social. Mas por outro lado os atos indisciplinares tem aumentado, dificultando o ensino de qualidade.

Novas metodologias são apresentadas por pessoas ligadas à área da educação no intuito de coibir a indisciplina, mas nem sempre os resultados esperados são alcançados. É muito simples retirar da sala os alunos baderneiros, transferir o problema de lugar parece mais fácil. Algumas atitudes por parte do professor podem coibir a indisciplina e contribuir na formação de indivíduos. Uma sugestão é criar regras comuns para o andamento das aulas. Essas regras podem ser criadas com a ajuda dos próprios alunos. Com essas atitudes o professor está propício a ganhar o respeito dos alunos. Vamos dar algumas dicas de como o professor deve agir no intuito de implantar a disciplina em sala de aula.

Atitudes que favorecem a disciplina

1 – Falar somente quando todos estiverem em silêncio.
2 – Utilize uma linguagem aberta e objetiva, assim o aluno percebe claramente o que você está dizendo.
3 – Em nenhum momento grite. Esta atitude demonstra total falta de respeito e desmoraliza o professor.
4 – Mantenha segurança nas falas e serenidade nas atitudes. Agindo assim os alunos passam a confiar no seu trabalho.
5 – Tenha cuidado nas expressões corporais, gestos e expressões do rosto. Isso gera influências positivas ou negativas.
6 – Não aceite que o aluno trate você como uma pessoa qualquer. Evite abraços, tapinhas nas costas, gracinhas, piadinhas e etc.
7 – Nunca utilize a ironia ou o sarcasmo.
8 – Seja acolhedor. Mantenha o equilíbrio, alegria não deve ser confundida com bagunça.
9 – Realize a correção das atividades, isto demonstra o interesse do aluno em realizar as tarefas.
10 – Elogie sempre que possível.
11 – Cobre a perfeição dos alunos, somente assim eles alcançarão metas estabelecidas.
12 – Evite ameaças, pois o não cumprimento desprestigia o professor.
13 – Nunca transpareça problemas pessoais na sala de aula. O aluno não deve participar e nem tomar conhecimento dos problemas pessoais do professor.
14 – Dê o menor número possível de ordens. Mande estritamente o necessário e com respeito.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Marcos Noé
Graduado em Matemática
Equipe Brasil Escola

Matemática - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Confira nossa sugestão de filme para o professor, “A História de Ron Clarck”, que possibilita uma reavaliação da prática pedagógica!
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola