Whatsapp

O discurso de Hitler

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Hitler e o ideal da superioridade racial
Hitler e o ideal da superioridade racial

A invasão da Polônia em 1939 é tradicionalmente considerada o episódio que dá início à Segunda Guerra Mundial na Europa. Foi o momento em que todos os países envolvidos comprovaram a força bélica do exército de Hitler.

O texto abaixo é um fragmento de um discurso proferido por Adolf Hitler, em 1940. Nesse discurso, os outros planos do Führer ficam claros – planos que iam além de conquistar outras nações e ganhar a guerra.

“Os poloneses [acentuou Hitler] nasceram especialmente para o trabalho pesado (...). Não é preciso pensar em melhorias para eles. Cumpre manter, na Polônia, um padrão de vida baixo, não se permitindo que suba (...). Os poloneses são preguiçosos e é necessário usar a força para obrigá-los a trabalhar (...).

Devemos utilizar-nos do governo geral (da Polônia) simplesmente como fonte de mão de obra não especializada (...). Poder-se-ia conseguir ali, todos os anos, os trabalhadores de que o Reich possa necessitar.

Quanto aos sacerdotes poloneses, (...) eles pregarão o que mandarmos. Se qualquer sacerdote agir diferentemente, daremos cabo dele. Sua tarefa é manter os poloneses tranquilos, broncos e fracos de espírito.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Indispensável ter em mente que a pequena nobreza polonesa deve cessar de existir; por mais cruel que isso possa ser, ela deve ser exterminada onde quer que se encontre (...). Deve haver apenas um senhor para os poloneses: o alemão. Dois senhores, lado a lado, não podem e não devem existir. 

Todos os representantes da classe culta polonesa, portanto, têm de ser exterminados. Isso parece crueldade, mas é a lei da vida”.

Depois de realizada a leitura do discurso, comente com seus alunos que a base ideológica do regime de Adolf Hitler era o racismo. Os nazistas acreditavam na existência de uma raça superior – os arianos, cujos representantes eram os antigos povos germânicos dos quais descendiam os alemães. Porém, esses descendentes estavam ameaçados pelo contágio das raças inferiores e pela influência do liberalismo, do comunismo, do intelectualismo e do judaísmo. O regime nazista fundamentou-se principalmente através da superioridade racial, do antissemitismo e de uma propaganda ideológica estratégica.

Sugiro também que o professor trabalhe nesse momento conceitos complexos como: raça, racismo, eugenia, etnia e nazismo.


Por Lilian Aguiar
Graduada em História
Equipe Brasil Escola

Artigos Relacionados
Confira uma proposta de aula de Sociologia sobre o Genocídio Armênio que instaura um debate efetivo sobre esse evento catastrófico!
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola