Whatsapp

O Metabolismo das Plantas | Sugestão Experimental

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Corte de um talo vegetal evidenciando os vasos condutores.

SUGESTÃO EXPERIMENTAL PARA AULAS PRÁTICAS RELACIONADAS AO SISTEMA DE VASOS CONDUTORES DE SEIVA

No interior de um organismo vegetal ocorrem processos bioquímicos de extraordinária complexidade. Esses processos constituem o conjunto de reações que coordenam o metabolismo e a condução de substâncias (nutrientes), desde as raízes fixadas a metros de profundidade no solo, até as folhas no alto dos elevados extratos arbóreos.

Incluindo também eventos químicos elementares e dinâmicos como, por exemplo, a fabricação de compostos orgânicos, a partir da conversão de reagentes inorgânicos na presença de energia luminosa (solar), fornecendo o suprimento que permite ao organismo vegetal crescer, produzir frutos e se reproduzir, e assim possibilitando a perpetuação das espécies.

Etapas do experimento: transporte de substâncias através dos vasos condutores (feixes libero-lenhosos) de água e sais minerais.

Materiais: 01 recipiente médio (1/2 litro), podendo ser de metal, vidro ou plástico; 05 colheres de sopa de anilina (pigmento em pó); 01 rosa (flor branca) contendo receptáculo e pedúnculo floral; ½ litro de água; e 01 estilete.

Procedimento:

- Encher o recipiente com água, colocando em seguida toda a quantidade referida de anilina, misturando para que o pigmento se dissolva até atingir estado homogêneo.
- Efetuar um corte transversal no talo da planta (roseira), contendo na extremidade uma rosa branca retirada do vegetal no instante do experimento, colocando o talo em contato com a solução durante 30 minutos.
- Após este tempo, observar a coloração das pétalas (corola), da flor.

Questionamentos que podem ser direcionados aos alunos:

1-O que aconteceu com a flor branca?
2-O que podemos provar com esse experimento?

Resposta:

1-Ocorre alteração na coloração das pétalas, assumindo tonalidade de acordo com a cor do pigmento de anilina utilizado.
2-É possível presumir que no interior do talo existem sistemas de transporte de substâncias (vasos condutores de seiva), com potencialidade que favorecem a ascensão da solução de água e anilina do extremo inferior, imersa na solução, até o extremo superior, onde se encontra a flor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Confira aqui uma atividade prática na qual é possível observar a capilaridade nas plantas através de cores.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola