Whatsapp

Projeto: bomba atômica

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Bomba atômica: efeitos devastadores.

As bombas nucleares, por serem radioativas, têm capacidade de induzirem mutações celulares. Cegueira, surdez, infertilidade e cânceres são algumas enfermidades que vítimas do lançamento das bombas, como as de Hiroshima e Nagasaki, estão sujeitas. Tal assunto é bastante rico, pois a partir dele pode ser estudado e discutido diversos aspectos, como os limites da ciência e tecnologia, a ganância humana, a segunda grande guerra, radioatividade, dentre outros.

Sugiro, desta forma, que seja desenvolvido o projeto “Rosa de Hiroshima” no qual, durante uma semana, todos os professores abordarão esta temática, a partir dos poemas de Vinícius de Moraes: “Rosa de Hiroshima” (interpretado por Ney Matogrosso) e “A Bomba Atômica”.

O professor de Português e Literatura poderão enfocar a interpretação e demais aspectos relacionados à construção destas produções. O que significaria, por exemplo, expressões como “rotas alteradas”, “rosa hereditária”, “rosa com cirrose”? Como podemos interpretar o fato da música tocar só uma vez e sem refrão?

Já os professores de História e Geografia poderão discutir o contexto histórico da guerra e o estopim, as redes de interesses dos países imperialistas, países envolvidos nas grandes guerras e as alianças político-militares, a criação de bombas atômicas, dentre outros. Uma abordagem sobre Hiroshima antes e depois da tragédia também pode ser bastante válida.

Os educadores de Química, Física e Biologia podem trabalhar o que é a radioatividade, suas aplicações, uso pacífico e não pacífico deste tipo de energia, tipos de emissão de partículas, efeitos no organismo e em populações a curto e longo prazo, lixo atômico, dentre outros assuntos. Pode ser citado o caso do Césio 137, em Goiânia, e a alta incidência de cânceres nesta região e a morte de Marie Currie pelo contato direto e frequente com estas partículas.

O professor de Física poderá também, juntamente com o de Matemática, trabalhar o conceito de meia-vida e calcular a de alguns elementos radioativos. Para este último profissional, sugiro que seja feita a construção de gráficos e cálculo de porcentagens, por exemplo, do número de mortos na Primeira e Segunda Guerra Mundial, comparando os resultados.

O professor de Sociologia, Filosofia e Religião podem abordar aspectos éticos relacionados a esta temática e valores humanos. Já os de Educação Física e de Artes podem propor a construção de uma peça teatral, caso este segundo tenha esta formação. Se este não for o caso, sugiro a criação de músicas ou uma exposição.

Para encerrar o projeto, a música “A paz”, de Gilberto Gil e João Donato deverá ser reproduzida e interpretada pelos professores de Português e Literatura.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Com uma temática sobre o conflito coreano atual, nesta proposta de aula o professor poderá estimular os alunos a pesquisarem e debater sobre o assunto.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola