Whatsapp

Público-alvo

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Especificar o tipo de texto, o objetivo e o leitor
é imprescindível para se escrever um bom texto
.

É muito simples escrever quando um tema geral é proposto! Não há muito sobre o que refletir, pois qualquer tipo de escrita estará apropriado.

Esse fato é muito comum nas salas de aula, nas aulas de redação, mas está errado! Às vezes, na correria dos dias, cremos que um pedaço de papel bem escrito é a certeza de que os pupilos estão indo de “vento em popa”! Porém, isso é um ledo engano! Não é só porque o aluno soube desenvolver bem as suas próprias idéias que está apto para produzir qualquer tipo de texto.

Afinal, que consistência há nos fatos relatados no tal papelzinho escrevinhado... é um texto pessoal, jornalístico, narrativo, uma carta para um amigo ou para o presidente, um artigo de jornal, uma carta argumentativa, um manifesto...

Não há como escrever sem saber o tipo de texto que deverá ser produzido! Além disso, o objetivo do texto deve estar bem traçado; para que estou escrevendo: informar, persuadir, expor meus sentimentos, interagir com o leitor, para chamar a atenção da população...

O aluno, bem como qualquer escritor, precisa de um foco, de um objetivo. Senão, escolherá a forma de escrever e o leitor que quiser.

Este último é o “x” da questão: quem é meu público-alvo? Alunos, professores, população em geral, a banca do vestibular ou concurso, meus colegas de sala, minha escola...

Que tipo de linguagem a pessoa que escreve deve usar, se não sabe ao menos para quem vai ser direcionado o texto? Resposta: qualquer uma.

Por isso, é muito importante refletir a produção textual antes de começá-la: o que escrever (tipo de texto), para que escrever (objetivo) e para quem escrever (leitor).

A reflexão textual torna o aluno mais criativo e crítico em relação ao que irá escrever, pois, dessa forma, assume responsabilidade de se colocar no papel de leitor para saber se houve a clara comunicação de seu pensamento.

Além disso, ter metas estipuladas facilita a escrita, promove uma expectativa maior em relação à produção, cancela possíveis bloqueios e torna a aula mais fundamentada e objetiva.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Português - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola