Whatsapp

Repertório de leituras

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Alunos promovendo a descoberta de novos tipos de leitura

Há uma variedade muito grande de textos e tipos de discurso: dicionário, história em quadrinhos, livros de história infantil, catálogo, Bíblia, a constituição, receita de bolo, anúncio de jornal, etc. Logo, essa abundância de tipos de textos amplia o repertório literário em sala de aula e deve ser explorada.

Uma dica para aproveitar a diversidade de leitura é o professor selecionar alguns textos, levar para a sala de aula e distribuí-los entre os estudantes.
Os alunos podem fazer pequenos grupos e discutir sobre o texto lido, o que promoverá uma troca de experiências de leitura entre eles. Para isso, cada um deve receber um tipo de texto diferente: para um grupo uma bula de remédio, para outro uma receita, para outro um anúncio de jornal e assim por diante. O professor então, recolhe os textos e os redistribui na próxima aula em sistema de rodízio. Os alunos devem fazer anotações, identificando as características, como: o tamanho, a finalidade, se possui ou não figuras, o tamanho das letras, as palavras mais usadas. Ainda há outra forma dessa aula didática ser trabalhada: O professor lê os textos e cada aluno vai fazendo anotações sobre o tipo de texto e anotando as características que achou mais importante. Em outra aula, eles lêem e discutem na sala o que anotaram e, dessa forma, trocam tipos de conhecimento diferenciados.

A diferença da primeira didática para a segunda, é que a primeira promove maior interação entre os alunos, pois desde o começo estão juntos, lendo, anotando e discutindo o texto abordado. Já a segunda, promove uma aprendizagem mais individualizada, porém, com uma maior percepção sobre os textos lidos, pois o aluno ouvirá a todos e dependerá somente dele o trabalho de analisar cada um e fazer suas próprias anotações.

É necessária a disposição de pelo menos três aulas para que haja uma verdadeira análise e posterior discussão de cada texto. Esta dica de aula prática é indicada aos alunos de terceiro e quarto anos da primeira fase, já que nessa fase é o princípio da continuidade da aprendizagem da leitura e escrita.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

 Português - Estratégias de Ensino  -  Educador - Brasil Escola

  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola