Topo
pesquisar

Sugestões para trabalhar Filosofia da Ciência em sala de aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

Apesar da resistência que os temas que envolvem a Filosofia da Ciência pode suscitar em sala de aula, é possível vencê-la com recursos didáticos, como filmes e exposições.
Veja nossas sugestões para introduzir o tema “Filosofia da Ciência” em sala de aula
Veja nossas sugestões para introduzir o tema “Filosofia da Ciência” em sala de aula
PUBLICIDADE

A Filosofia da Ciência é um tópico importante e que, muitas vezes, causa resistência nos estudantes. Para introduzi-los nas discussões sobre o método, podemos lançar mão de algumas estratégias, como filmes, cartazes, debates e construções cênicas.

1) Filmes para aproximação do tema:

Filmes são um excelente recurso para criar um interesse pelos temas que serão discutidos. O professor/a professora de Filosofia pode dividir a sala em grupos e pedir que cada grupo apresente uma relação entre o conteúdo trabalhado em sala com o conteúdo do filme. Alguns filmes que podem ser pertinentes para esse fim:

a) Arquitetura da Destruição. Documentário. 1989. Dir. Peter Cohen. Com esse filme, podemos pedir para os alunos estabelecerem a relação entre o desenvolvimento da ciência e a ascensão do Nazismo: como o desenvolvimento da ciência contribuiu para a existência dos campos de concentração? Quais tipos de experimentos eram realizados com os prisioneiros?

b) A ilha. Ação. 2005. Dir. Michael Bay. A clonagem é o tema desse filme. Podemos conduzir o debate no seguinte sentido: qual é o dilema ético envolvido na criação de pessoas para fornecerem órgãos?

c) Edward Mãos de Tesoura. Fantasia. Dir. Tim Burton. Por meio do personagem principal, uma espécie de Frankenstein, podemos discutir com os alunos a capacidade da ciência em intervir nos corpos e quais podem ser as consequências disso.

2) Criação de linhas do tempo:

Para que os estudantes percebam o desenvolvimento da ciência, o professor/a professora pode pedir para que construam linhas do tempo a partir das descobertas científicas de cada período histórico. Assim, perceberão também as diferentes concepções a respeito do mundo e da natureza ao longo da história e a relevância de descobertas científicas para que chegássemos ao mundo que vivemos hoje.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

3) Debates sobre dilemas éticos atuais: O professor/a professora pode apresentar um dilema ético relacionado com o desenvolvimento da ciência e dividir a sala em duas partes. Uma delas deverá mostrar argumentos a favor, e a outra, argumentos contrários. Um tema atualíssimo é a possível realização do primeiro transplante de cabeça. Um argumento contra é o grau de risco para o voluntário. Um argumento a favor é a possibilidade de avanço a partir do primeiro teste. O debate pode ser enriquecido com um paralelo entre a realização do primeiro transplante de coração.

4) Construção de peças de teatro:

Os estudantes podem criar uma pequena peça de teatro que relacione os temas apresentados em aula. O professor/a professora pode sugerir o seguinte ponto de partida: Se Galileu, Aristóteles, Newton, Marie Curie, Einstein e Thomas Edison estivessem reunidos em torno de uma descoberta científica – o que eles descobririam? Como agiriam? Entrariam em acordo ou discordariam entre si?

Outra possibilidade é sugerir a montagem de uma releitura de Frankenstein, de Mary Shelley. O professor/a professora pode, ainda, estimular que seus estudantes criem um roteiro a partir de algum dilema ético relacionado com a ciência: Foi realizado o primeiro transplante de cabeça – quais são as consequências?


Por Wigvan Pereira
Graduado em Filosofia

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola