Whatsapp

Teste da velocidade das reações

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE


Comprimidos efervescentes demonstram reações químicas.

Uma reação química ocorre quando certas substâncias reagem entre si, às vezes ocorrem fatos bastante visíveis que confirmam a ocorrência e, dentre eles, podemos destacar: desprendimento de gás e luz, mudança de coloração e cheiro, formação de precipitados, etc.

A velocidade das reações químicas depende de uma série de fatores: a concentração das substâncias reagentes, a temperatura, a luz, a presença de catalisadores, superfície de contato, entre outras. Através desse experimento é possível verificar a velocidade de uma reação influenciada pela temperatura e superfície de contato.

Material:

• 2 comprimidos de antiácido efervescente;
• 600 mL de água;
• 4 copos transparentes.

Procedimento 1:

- Corte um comprimido de antiácido ao meio;

- Coloque volumes iguais de água em dois copos (em um deles a água deve estar aquecida quase à ebulição e no outro à temperatura ambiente);

- Em seguida adicione ao mesmo tempo, cada metade do comprimido em cada um dos copos;

- Observe a reação.

A reação ocorre com maior velocidade no copo onde se encontra a água aquecida. De um modo geral, quanto maior a temperatura, mais rapidamente se processa a reação. Podemos acelerar uma reação lenta, submetendo os reagentes a uma temperatura mais elevada.

Procedimento 2:

- Corte um comprimido de antiácido ao meio e triture uma das metades;

- Adicione aos dois copos volumes iguais de água à temperatura ambiente;

- Em um dos copos coloque a metade não-triturada e no outro, a metade triturada (estas ações devem ocorrer no mesmo instante);

- Observe atentamente a velocidade de liberação das bolhas.

Quanto maior a superfície de contato dos reagentes, maior será a velocidade da reação, sendo assim, o procedimento mais rápido ocorre no copo onde se encontra o comprimido triturado. Os antiácidos efervescentes quando triturados se dissolvem com uma velocidade maior do que se estiver em forma de comprimido inteiro, isto porque a superfície de contato fica maior para reagir com a água.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Química - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Professor, quer ajudar seus alunos a saberem a diferença entre fenômenos físicos e químicos e conseguir indicar se houve uma reação química ou não? Então, leia esse texto!
Experimento fácil que pode ser usado em sala de aula para explicar como ocorre uma reação de decomposição e como atuam os catalisadores.
O “vulcão de dicromato de amônio” é uma famosa experiência de química que tem um efeito espetacular de emissão de luz e projeção da matéria.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola