Whatsapp

Trabalhando a comparação de frações em uma aula diferente

Estratégias de ensino-aprendizagem

PUBLICIDADE

Essa atividade é adequada quando os alunos possuem os conhecimentos básicos sobre fração, como:
• Consegue identificá-las.
• Consegue fazer corretamente a leitura.

Para que os alunos não tenham dificuldades em comparar as frações, ou seja, saber dizer qual é a maior, qual é a menor, é preciso colocá-los para pensar, para analisar algumas situações, provocar neles uma “discussão” para que eles mesmos cheguem a uma conclusão de como é feita a comparação de fração.

Veja um exemplo de uma atividade onde é trabalhado com os alunos o diálogo e o cálculo mental para o estudo de comparação de frações.

Atividade

Objetivo:
Utilizar o cálculo mental e o diálogo como ferramenta para controlar as produções.

Público alvo: 4º ano do ensino fundamental.

Tempo de duração para aplicação da atividade: 5 aulas.

Desenvolvimento: será repartido em duas etapas.
1ª etapa: monte com os alunos da sua turma grupos e lance a discussão:
Quanto é a metade de 12/8?
Muitos responderão que é 6/4, pois utilizarão o mesmo raciocínio da divisão dos números naturais, sem perceber que 12/8 e 6/4 são frações que representam a mesma quantidade (frações equivalentes). Com certeza terão alunos que irão afirmar que a metade de 12/8 é 12/4 ou 6/8, então esse é o momento que o professor deve questionar, como que chegaram a esse resultado, qual o raciocínio utilizado. Depois, provavelmente em outra aula coloque outras questões como: qual seria o dobro de 12/8? E assim por diante. Com o tempo esse diálogo irá fazer com que eles montem sua própria linha de raciocínio.
2ª etapa: Nas outras aulas proponha para cada grupo situações problemas diferentes, por exemplo: “Tenho que comprar 2 quilos e 1/4 de café. No supermercado há pacotes de 1/2, 1/4 e 1 quilo. Quais pacotes devo levar? Quais as possibilidades? Quais escolho para levar a menor quantidade de pacotes?” Esse tipo de situação irá fazer com que os alunos em grupos consigam comparar as frações, pois para saber como irão fazer para levar a quantidade correta de café é preciso identificar quanto cada fração representa do todo.
3ª etapa: Como cada grupo irá receber uma situação problema diferente, troque os componentes dos grupos para que eles possam compartilhar idéias e informações de como resolver outros problemas semelhantes.
Nessa terceira etapa o professor deve estar sempre andando na sala de aula orientando cada grupo para melhor desempenho dos alunos.

Avaliação: Dê a eles as frações 3/10, 1/4, 1/4, 1/2, 1/2, 1/5 e peça que individualmente montem dois grupos com essas frações de modo que os dois grupos obtidos tenham o mesmo valor total.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Danielle de Miranda
Graduada em Matemática
Equipe Brasil Escola

Estratégias de ensino - Matemática - Brasil Escola

Artigos Relacionados
Veja dicas para iniciar o ensino de frações equivalentes a partir de situações-problema do cotidiano.
Alunos que entendem sobre frações, em média, têm os melhores salários no mercado de trabalho. Então, como fazê-los compreender bem esse assunto?
Que tal introduzir os números fracionários de forma diferenciada? Confira uma sugestão de aula sobre frações com receita culinária!
Conheça uma sugestão de aula sobre simplificação de fração algébrica que pode tornar o aprendizado desse conteúdo mais interessante ao aluno.
Confira uma sugestão de aula que pode ser utilizada tanto para o ensino de frações como para dar as bases para o ensino de divisão!
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola