Topo
pesquisar

Aula prática sobre pteridófitas

Estratégias de Ensino

Com esta aula prática sobre pteridófitas, espera-se que os alunos tornem-se mais estimulados e fixem o conteúdo de Botânica.
PUBLICIDADE

A Botânica nem sempre é vista com empolgação por parte dos alunos e professores. Apesar de ser um tema bastante agradável de ser trabalhado, ele não desperta constante interesse. Sendo assim, é fundamental a realização de aulas diferentes para chamar a atenção do aluno e tornar o estudo do conteúdo mais prazeroso.

Normalmente costumamos dividir as plantas em quatro grandes grupos: as briófitas, as pteridófitas, as gimnospermas e as angiospermas. Fazem parte do grupo das pteridófitas as samambaias e avencas, duas plantas ornamentais facilmente encontradas.

Diante da facilidade de encontrar essas plantas e da dificuldade de conseguir estimular os alunos para o estudo desse conteúdo, disponibilizaremos hoje uma metodologia bastante simples para o ensino de pteridófitas. Para essa aula prática, você precisará de:

- Uma folha de samambaia com soros ou então uma avenca;

- Lâminas de barbear;

- Água;

- Conta-gotas;

- Lâminas e lamínulas;

- Lenços de papel;

- Lupa;

- Microscópio.

Inicialmente peça para que os alunos desenhem as folhas das pteridófitas, dando ênfase aos soros, que são conjuntos de esporângios. Nessa etapa da aula, o aluno poderá visualizar o soro com a ajuda da lupa. É importante que ele consiga perceber que estamos analisando a fase esporofítica da planta.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Após esse momento de visualização dos soros, deverá ser feita a análise dos esporos. Para isso, o professor deverá fazer cortes do soro com o auxílio da lâmina de barbear e colocar esses cortes sobre uma lâmina. Evite pedir que os alunos façam essa etapa, pois eles podem ferir-se com a lâmina de barbear.

Após colocar os cortes do soro na lâmina, coloque uma pequena gota de água e cubra-os com a lamínula. É importante retirar o excesso de água com o papel filme antes da visualização no microscópio.

Leve então a lâmina ao microscópio e peça para que os alunos observem os esporos, esquematizando-os. É importante que durante a observação dessa estrutura o aluno seja indagado a respeito da função dos esporos.

Ao final da aula, poderá ser solicitada a confecção de um relatório.

Boa aula!


Por Ma. Vanessa dos Santos

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola