Topo
pesquisar

Como abordar o tema aborto em sala de aula?

Estratégias de Ensino

Muitos professores não sabem como abordar o tema aborto em sala de aula e acabam emitindo sua opinião.
PUBLICIDADE

É muito comum que os alunos questionem a posição do professor a respeito de alguns pontos polêmicos, como é o caso do aborto. É importante que o professor informe o aluno, mas sem emitir opinião com base nos seus pensamentos religiosos e/ou políticos. Mas como podemos abordar o tema de forma isenta de julgamentos e opiniões pessoais?

Primeiramente devemos entender que, muitas vezes, nossos alunos estão perguntando sobre o assunto porque estão passando pelo problema ou conhecem alguém que está sofrendo com isso. A gravidez na adolescência, infelizmente, é uma realidade, não cabendo a nós julgar, e sim informar.

Para abordar o aborto, comece falando sobre reprodução e os diversos métodos existentes para prevenir uma gravidez. Explique também como um bebê afeta a vida dos pais, independentemente da idade, e a responsabilidade de se criar uma criança.

É importante informar que o aborto, apesar de proibido em alguns casos, ainda acontece e é feito no Brasil com relativa frequência. Por ser feito em clínicas clandestinas, muitas mulheres acabam morrendo em situação precária. Nesse ponto, é importante questionar se o aborto realmente é a solução mais fácil diante de uma gravidez indesejada.

Os alunos também devem conhecer os casos em que o aborto no nosso país é permitido. No Brasil, o aborto pode ser feito em vítimas de violência sexual, quando a gestação causa riscos para mulher e quando o feto é anencéfalo, ou seja, não desenvolveu grande parte do encéfalo. Apesar de permitido, a decisão é exclusiva da mulher.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A partir dessas informações, o professor pode promover um debate, separando a sala em dois grupos: um grupo será responsável por procurar pontos pró-aborto e outros deverão buscar argumentos contra. O papel do professor será apenas orientar a busca e verificar se os argumentos estão de acordo com a proposta da aula.

Após a coleta de informações, a sala deverá ser organizada e o professor deverá orientar a apresentação dos argumentos. É importante que cada argumento seja defendido pelo grupo e, quando possível, refutado pelo outro. Cabe ao professor, nesse ponto, apenas guiar a discussão de modo saudável, nunca expondo sua opinião.

Ao promover o debate, o professor faz com que os alunos desenvolvam sua consciência crítica e aprendam a argumentar sobre determinado tema. Isso é importante porque, quando o professor emite suas opiniões e valores, muitos alunos ficam receosos de demonstrar a sua verdadeira opinião e passam a aceitar o que foi dito pelo professor como verdade.

O aborto é uma questão cada vez mais discutida pela sociedade e, infelizmente, uma dúvida vivida por muitas meninas, sendo fundamental, portanto, a abordagem do tema em sala de aula. Se discutido de maneira correta, o debate contribuirá para a formação de cidadãos cada vez mais críticos e informados.

Boa aula!


Por Ma. Vanessa dos Santos

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola