Topo
pesquisar

Aula sobre o conceito de lugar com música

Estratégias de ensino-aprendizagem

Em uma aula sobre o conceito de lugar, o professor pode utilizar a canção “Saudades da minha terra” como um exemplo da relação de identidade entre o ser e o espaço.
PUBLICIDADE

No âmbito da Geografia, existem várias definições para a expressão lugar. No entanto, o conceito mais aceito e que pode ser mais bem utilizado em sala de aula é o que diz que o lugar corresponde ao espaço percebido pelo homem, também aquele local que remete a boas sensações e que possui um significado afetivo.

Uma das expressões do lugar enquanto relação entre o homem e o espaço é o bucolismo, que busca exaltar as belezas do meio rural, também interligado à afeição humana em virtude de suas muitas qualidades. Assim, a área rural de uma fazenda ou chácara onde uma pessoa trabalha, mora ou costuma visitar aos finais de semana, por exemplo, pode ser uma expressão de lugar, um aspecto conceitual do espaço geográfico.

Trabalhar essa complexidade teórica em sala de aula nem sempre é fácil. Para vencer esse desafio, o professor pode utilizar como metodologia em uma aula sobre lugar o emprego de músicas que ressaltem as características acima apresentadas. Nossa sugestão é o uso da música “Saudades da Minha Terra”, em que até o próprio título já pode indicar a relação de identidades entre o ser e o espaço:

De que me adianta viver na cidade

Se a felicidade não me acompanhar

Adeus, paulistinha do meu coração

Lá pro meu sertão quero voltar

Ver a madrugada, quando a passarada

Fazendo alvorada começa a cantar

Com satisfação arreio o burrão

Cortando o estradão saio a galopar

E vou escutando o gado berrando

Sabiá cantando no jequitibá […]

Que saudade imensa do campo e do mato

Do manso regato que corta as campinas

Aos domingos ia passear de canoa

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nas lindas lagoas de águas cristalinas

Que doce lembrança daquelas festanças

Onde tinham danças e lindas meninas

Eu vivo hoje em dia sem ter alegria

O mundo judia, mas também ensina

Estou contrariado, mas não derrotado

Eu sou bem guiado pelas mãos divinas […].

A música foi composta no final do século XIX por Estêvão Protomartir de Brito Guerra, nascido no Rio Grande do Norte, embora ele não tenha registrado oficialmente a autoria da canção, que acabou sendo atribuída a outros autores, alguns nascidos tempos depois da composição[1]. A letra ressalta a vida do campo e a identificação do eu lírico com ela, sobretudo no sentido de exaltar o espaço rural em relação à vida na cidade “paulistinha”.

O que o professor de Geografia pode fazer através da utilização dessa música é pedir para que os estudantes identifiquem, na letra da composição, elementos que relacionem o indivíduo ao seu lugar, com destaque para suas lembranças. Em seguida, a pergunta: esses elementos fazem com que o autor se sinta ligado ao espaço por ele descrito? Há uma relação de pertencimento do indivíduo ao espaço geográfico?

Por fim, explique finalmente o conceito de lugar, utilizando frases da canção como exemplos, que podem ser qualquer um dos versos, haja vista que a maior parte da música refere-se ao sentimento do ser com o espaço.

Ao final, como forma de avaliação, o educador pode solicitar de seus alunos uma redação ou uma descrição em que eles deverão falar de um lugar com o qual se identifiquem (casa, rua, escola, parque, entre outros exemplos).

_________________________

[1] Fonte da informação: Portal Luiz Nassif

O bucolismo é um elemento que pode ser associado ao conceito geográfico de lugar
O bucolismo é um elemento que pode ser associado ao conceito geográfico de lugar
A visão não é a única forma de se conceber as paisagens
Estratégias de ensino-aprendizagem Multissensorialidade da paisagem
A música de Raul Seixas pode ser um útil instrumento didático¹
Estratégias de ensino-aprendizagem Conceituar Geografia com Raul Seixas
O território visto como o espaço geográfico apropriado por relações de poder
Estratégias de ensino-aprendizagem Território: aula prática e conceitual
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola