Whatsapp

Sugestão de aula sobre altura, bissetriz e mediana

Estratégias de ensino-aprendizagem

Esta sugestão de aula sobre altura, bissetriz e mediana objetiva levar o aluno a compreender esses conceitos de forma natural.
Veja como ensinar seus alunos a encontrar a altura, bissetriz e mediana de um triângulo qualquer
Veja como ensinar seus alunos a encontrar a altura, bissetriz e mediana de um triângulo qualquer
PUBLICIDADE

Em geral, os adolescentes costumam “amar” ou “odiar” a aula de geometria. Há aqueles que enxergam na matéria uma oportunidade de descansar dos grandes cálculos da álgebra, mas há também os que gostam de fazer contas e menosprezam o raciocínio geométrico. Nossa proposta de hoje é para que você, professor, consiga atingir aquele aluno que não gosta de geometria e que, em geral, tem dificuldade de identificar importantes elementos dos triângulos. Esta sugestão de aula sobre altura, bissetriz e mediana visa levar o aluno a compreender o que são esses conceitos, debater com os colegas sobre cada um e a identificá-los em triângulos.

Para introduzir o assunto, organize os alunos em grupos e proponha que cada um deles faça alguns triângulos “grandes”, de forma que o maior lado possua comprimento entre 0,5 e 1,0 m. Pergunte a eles qual é a altura de cada triângulo produzido, e se ouvir apenas uma forma de resposta, questione se a altura não se altera pela troca da base do triângulo. Essa pergunta estimulará os discentes a encontrarem todas as alturas possíveis. Peça que um grupo explique aos colegas o processo para identificar a altura do triângulo. Esse grupo deverá levar para a frente da sala triângulos parecidos com os seguintes:

Encontrando a altura de triângulos diversos
Encontrando a altura de triângulos diversos

Caso não apareça triângulos como os da figura acima, peça a outros alunos para irem à frente da sala e auxiliarem na explicação. Se ainda assim não surgir uma explanação sobre o fato de a altura ser uma reta perpendicular à base do triângulo, caberá a você, educador, dar essa explicação.

Finalizada a discussão acerca da altura, peça aos alunos que escolham um lado de algum de seus triângulos e marquem o ponto central desse lado. Feito isso, eles deverão traçar uma reta a partir desse ponto do meio de um dos lados até o vértice oposto. Pergunte aos alunos se essa reta pode ser chamada de altura. Após ouvir as respostas, diga que essa reta é chamada de mediana. Questione acerca de quantas medianas um triângulo pode apresentar. É interessante que novamente seja solicitada a ajuda de alguns alunos para explicar ao restante da turma como se encontra a mediana.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As representações das medianas devem ficar semelhantes a essa figura
As representações das medianas devem ficar semelhantes a essa figura

Em um terceiro momento, peça a cada grupo de alunos que, com o auxílio de um transferidor, identifique as medidas de cada ângulo de um de seus triângulos. Solicite que marquem a metade da medida de um desses ângulos. Em seguida, os alunos deverão traçar uma reta que ligue o vértice desse ângulo ao lado oposto, passando exatamente pela marcação feita que dividia o ângulo ao meio. A reta encontrada pelos alunos deverá ser semelhante à da figura a seguir:

Representação da bissetriz que deverá ser feita por cada aluno
Representação da bissetriz que deverá ser feita por cada aluno

Questione aos alunos se a reta encontrada é igual à mediatriz ou mesmo à altura. Após ouvir as respostas e explicações dadas pelos alunos, informe-os que essa reta recebe o nome de bissetriz. Novamente questione a turma sobre quantas bissetrizes um triângulo qualquer pode apresentar e quantas retas podem ser traçadas em um triângulo, entre alturas, mediatrizes e bissetrizes.

Após o debate sobre a altura, bissetriz e mediana de um triângulo, experimente deixar que os alunos bolem uma estratégia para apresentar esse conteúdo para a série anterior. Essa é uma boa oportunidade para motivar os alunos a envolverem-se com a explicação e a desenvolverem a espontaneidade na aula de geometria.
 

Por Amanda Gonçalves
Graduada em Matemática

Artigos Relacionados
Como obter a fórmula da área de um triângulo equilátero
Trigonometria no triângulo retângulo – Plano de conteúdo
Clique para obter uma excelente sugestão de aula sobre progressões aritméticas. Nossa proposta pode ser usada para turmas do sétimo ano em diante, preferencialmente para turmas de primeiro ano do Ensino Médio. Obtenha uma sugestão de aula dialogada que ajudará no processo de ensino-aprendizagem desse conteúdo.
Ensinando Trigonometria no Triângulo Retângulo.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola