Whatsapp

Como trabalhar a gripe H1N1 em sala de aula?

Estratégias de ensino-aprendizagem

Conhecer estratégias de como trabalhar a gripe H1N1 em sala de aula é importante para informar seus alunos de maneira efetiva sobre o tema.
Ao ensinar sobre H1N1, é importante focar nas formas de prevenção
Ao ensinar sobre H1N1, é importante focar nas formas de prevenção
PUBLICIDADE

A gripe H1N1 é uma doença que merece atenção, uma vez que pode causar a morte. Essa doença viral pode ser prevenida por meio da vacinação e também com algumas medidas básicas de higiene. Diante da gravidade desse tipo de gripe, é fundamental abordar o tema em sala de aula, especialmente com foco nos meios de prevenção.

Quando trabalhar a gripe H1N1?

A gripe H1N1 pode ser abordada em diversos pontos do conteúdo programático ou como um tema transversal caso a matéria não tenha relações com a doença. A importância de trabalhar a H1N1 está no fato de que ela é uma questão importante de saúde pública, sendo um tema extremamente relevante no cotidiano.

Que pontos da Biologia posso abordar com relação à H1N1?

Ao trabalhar a gripe H1N1, alguns pontos importantes da Biologia podem e devem ser destacados, tais como:

  • Vírus e sua capacidade de mutação;

  • Como a gripe afeta nosso sistema respiratório;

  • Diferenças entre vacinas e soros;

  • A dificuldade para criação de uma vacina eficaz e definitiva para a gripe e a necessidade de vacinar-se anualmente;

  • Importância de lavar sempre as mãos e evitar o compartilhamento de objetos de uso pessoal.

Como minha aula pode fazer diferença em relação à saúde dos meus alunos?

Para que a aula tenha papel positivo na saúde dos seus alunos, é fundamental debater e ensinar os principais meios de prevenção. É fundamental destacar a importância da vacina, principalmente para os grupos de risco, e incentivar a vacinação. Além disso, outro ponto importante é ensinar sobre as formas de prevenção que podem ser adotadas no dia a dia, dando destaque para:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Lavar sempre as mãos com água e sabão e, sempre que possível, higienizá-las com álcool 70%;

  • Sempre utilizar lenços descartáveis para limpar o nariz;

  • Cobrir a boca e o nariz sempre que tossir ou espirrar;

  • Não compartilhar garrafinhas de água, copos e talheres;

  • Evitar contato direto com o doente e, em caso de surtos, evitar aglomerações.

Que aula lúdica posso realizar com meus alunos para abordar a H1N1?

Uma aula lúdica que pode ser realizada com os alunos para falar a respeito da H1N1 é “Como lavar corretamente as mãos”. Apesar de bastante simples e possuir maior efeito no Ensino Fundamental, essa aula mostra como, normalmente, fazemos a lavagem de maneira inadequada e como nossas mãos podem ser veículos para vários agentes patogênicos. Para realizar essa aula, é necessária apenas a utilização de água e sabão.

O professor pode ainda fazer uma cultura para descobrir se existem muitas bactérias nas mãos dos alunos. Apesar de não ser possível fazer a cultura de vírus, com a aula, o professor poderá demonstrar que, mesmo que nossa mão não esteja visivelmente suja, pode armazenar uma grande quantidade de micro-organismos.

Para saber mais, acesse:


Por Ma. Vanessa dos Santos

Artigos Relacionados
Veja uma sugestão de como trabalhar com os alunos a importância de lavar as mãos corretamente.
Sugestões para abordagem do tema "gripe", em sala de aula.
Medidas simples para evitar surtos de gripe e outras doenças na escola.
Aula que permitirá que seus alunos percebam a importância de se lavar as mãos corretamente.
Lavar as mãos: um hábito muito saudável.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola