Topo
pesquisar

Solstícios e equinócios em sala de aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

Trabalhar os solstícios e equinócios em sala de aula pode ser algo desafiador para o professor de Geografia, o que traz a possibilidade da utilização de metologias interativas.
PUBLICIDADE

Os solstícios e equinócios são fenômenos naturais que ocorrem graças ao movimento de translação terrestre, bem como pelo fato de a Terra possuir uma inclinação de 23º27' em seu eixo de rotação em relação ao eixo perpendicular ao seu plano orbital. Assim, quando o nosso planeta é iluminado de forma desigual entre os hemisférios, temos os solstícios, e quando é iluminado de forma igual entre os hemisférios, temos os equinócios.

Elaboramos a presente proposta para que o professor de Geografia possa trabalhar os solstícios e equinócios em sala de aula. O objetivo é permitir que os alunos compreendam esse fenômeno, visualizem suas dinâmicas e entendam as consequências deles para a formação das estações do ano. Os materiais a serem utilizados são: lousa, giz, projetor de imagens (data show, ou similares) e o livro didático ou um texto sobre o tema.

No primeiro momento da aula, o(a) professor(a) deverá trabalhar teoricamente o tema em sala de aula, procurando explicar o comportamento dos movimentos da Terra e a inclinação do eixo de rotação. Para isso, o auxílio de um texto do livro didático ou da internet pode ser importante. Recomendamos o texto do Brasil Escola, disponível aqui.

Uma metodologia interessante para proceder nesse momento é procurar evidenciar as estações do ano, a consequência prática que diretamente interfere no conhecimento dos alunos. Assim, o verão e o inverno estão relacionados com os solstícios, enquanto o outono e a primavera, com os equinócios.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O segundo momento da aula sobre solstícios e equinócios será a etapa de visualização. Sabemos que quando os alunos observam imagens ou vídeos, eles relacionam melhor o conhecimento estudado com as figuras e animações vistas. Assim, em posse de um projetor de imagens, o(a) professor(a) deverá mostrar a seguinte animação, disponível no YouTube e que pode ser acessada clicando aqui. Nela, há uma representação de como o movimento da Terra acontece e como ela é diferentemente iluminada ao longo do ano.

Sempre que necessário a animação poderá ser pausada ou retrocedida para esclarecimentos e respostas a eventuais dúvidas. Nessa hora, o ritmo da aula dependerá da compreensão e abstração dos alunos com o tema em questão.

Para um maior esclarecimento, poderá ser utilizada uma segunda animação. Essa mais curta, com apenas 12 segundos, e que focaliza a Terra ao longo de um ano em velocidade aumentada, para que se perceba como as zonas de iluminação alteram-se com o passar dos tempos. Ela pode ser acessada clicando aqui.

Por fim, como forma de avaliação, o professor pode utilizar imagens ou até as próprias animações pausadas, pedindo para que os alunos identifiquem os solstícios, os equinócios e as estações do ano relacionadas.


Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

Os movimentos da Terra com os solstícios e equinócios podem ser trabalhados através de vídeos
Os movimentos da Terra com os solstícios e equinócios podem ser trabalhados através de vídeos
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola