Whatsapp

Teste de Baeyer

Estratégias de ensino-aprendizagem

O teste de Baeyer consiste no descoramento da solução de permanganato de potássio, que é violeta, e aparecimento de um precipitado marrom, indicando a presença de um alceno.
Teste de Baeyer em alceno e ciclano
Teste de Baeyer em alceno e ciclano
PUBLICIDADE

Conforme explicado no texto Oxidação Branda, os alcenos reagem com uma solução de permanganato de potássio (KMnO4) em meio básico, a frio, ocorrendo a oxidação do alceno (o Nox dos carbonos da insaturação aumenta) e a formação de um diol vicinal (um diálcool em que os grupos OH encontram-se em carbonos vizinhos). Além disso, a solução que era violeta fica descorada e aparece um precipitado castanho, que é o MnO2 (óxido de manganês IV).

Decomposição da solução de permanganato de potássio:

 

2 KMnO4 + H2O → 2 KOH + 2 MnO2 + 3 [O]
Reagente de                        Óxido de
Bayer                                manganês IV
(violeta)                               (castanho)

Oxidação branda de um alceno:

H2C ═ CH2 + [O] + H2O → H2C ─ CH2
                                               │     │
                                              OH   OH

Essa reação é importante porque permite verificar visualmente se houve a reação química. Os alcenos formam isômeros com muitos cicloalcanos, ou seja, possuem a mesma fórmula molecular, mas estruturas e propriedades diferentes.

Os ciclanos não reagem com o reagente de Baeyer, sendo que a solução permanece na cor violeta. Assim, se quisermos identificar se determinada substância é um alceno ou um cicloalcano, basta colocá-la para reagir com o permanganato: se formar o precipitado castanho, é um alceno; se permanecer violeta, é um ciclano. Esse é o chamado teste de Baeyer.

O professor pode realizar o teste de bayer em sala de aula como um interessante experimento de Química na identificação desses grupos funcionais. Ele também pode ser realizado para fixar o conteúdo sobre reações de oxidação branda em alcenos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para a realização do teste de bayer, será necessário que a escola tenha um laboratório com os seguintes reagentes à disposição:

- Hexano;
- Ciclo hexano;
- 2-metil-but-2-eno;
- KMnO4 a 2%;
- água.

Se o professor preferir, não é necessário utilizar o hexano, mas o cicloexano e o 2-metil-but-2-eno são imprescindíveis.

Além disso, você também precisará dos seguintes materiais:

- 3 tubos de ensaio;
- estante para tubos de ensaio;
- conta-gotas;
-caneta e fita adesiva.

Procedimento Experimental:

Usando a caneta e a fita adesiva, identifique os três tubos de ensaio com os nomes: hexano, ciclo hexano e 2-metil-but-2-eno. Dissolva esses três hidrocarbonetos, adicionando 4 mL de água em cada tubo de ensaio. Por fim, adicione algumas gotas da solução de KMnO4 a 2% e agite cada tubo de ensaio. Observe o que acontece.

Resultados e Discussão:

Os alunos devem ver claramente que nos tubos 1 e 2, que continham, respectivamente, o hexano e o cicloexano, não ocorreu reação nenhuma, pois a solução permaneceu violeta. Já no terceiro tubo, que continha o 2-metil-but-2-eno, ocorreu a reação de oxidação branda com formação de um precipitado castanho. O professor pode pedir que os alunos expliquem por que houve essa diferença e escrevam a equação química ocorrida.

Conforme mencionado, se o professor não quisesse, não era necessário usar o hexano, mas ele é importante para mostrar para os alunos que a reação não ocorre porque não há a insaturação (ligação dupla), e não porque o cicloexano é formado por uma cadeia fechada e o 2-metil-but-2-eno possui a cadeia aberta, pois o hexano também possui a cadeia aberta, mas mesmo assim a reação não ocorre com ele.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Artigos Relacionados
Torne sua aula mais prazerosa e atrativa utilizando a atividade prática sobre a oxidação de compostos orgânicos que propomos! Clique!
Demonstração prática de como as moedas se oxidam.
Professor, use este experimento de química para demonstrar para seus alunos como ocorre uma reação de oxidação de um álcool primário e a transformação de vinho em vinagre.
Aula experimental sobre a metodologia dos bafômetros.
Conheça uma estratégia de ensino para uma aula sobre reações químicas e proteínas por meio da aplicação do teste de biureto em sala de aula.