Topo
pesquisar

Medindo a força dos ácidos

Estratégias de ensino-aprendizagem

A força dos ácidos pode ser medida testando a sua condutividade elétrica, verificando, assim, a extensão da ionização dos ácidos de acordo com o grau de ionização (α).
PUBLICIDADE

Ao ensinar o conteúdo de Química Inorgânica, sobre a função dos Ácidos, um aspecto importante que o professor não deve deixar passar é como se mede a força de um ácido. Para saber se um ácido é forte ou fraco, o que se observa é o seu grau de ionização (α).

Todo ácido sofre ionização ao ser colocado na água, gerando soluções condutoras de corrente elétrica. Assim, por meio da medida de condutividade elétrica das soluções, podemos verificar a extensão da ionização dos ácidos de acordo com o grau de ionização (α), que é dado por:

α =     moléculas ionizadas
          moléculas dissolvidas

Portanto, quanto maior o número de moléculas ionizadas em meio aquoso, mais forte será o ácido. É considerado forte o ácido com grau de ionização igual ou superior a 50%, semiforte ou moderado se possuir grau de ionização entre 5% e 50% e fraco se possuir grau de ionização menor que 5%.

Nesse experimento, iremos testar a condutividade e, em consequência, o grau de ionização de alguns ácidos presentes em produtos que usamos no cotidiano, por meio de um equipamento fácil de montar.

Materiais e Reagentes:

  • Lâmpada de 1,5 V;
  • Bocal para lâmpada;
  • Bateria;
  • 4 metros de fio de cobre encapado;
  • Pedaço de tábua de madeira de aproximadamente 20 cm2;
  • Água;
  • Vinagre (ácido acético);
  • Ácido muriático (ácido clorídrico);
  • Refrigerante (ácido carbônico);
  • 3 copos ou béqueres.

Procedimento Experimental:

Primeiro, monte o equipamento que mede a condutividade elétrica segundo o esquema abaixo:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

1. Coloque o bocal na lâmpada. Para que o sistema fique firme, utilize a tábua de madeira;

2. Corte o fio de cobre em três partes, sendo que duas devem ter 1 metro cada e a outra parte deve ter 2 metros (essas metragens podem sofrer variações);

3. Conecte um dos fios de 1 m, ligando a lâmpada (por meio do bocal) e a bateria;

4. Conecte o outro fio de 1 m na outra saída do bocal da lâmpada e deixe uma extremidade solta;

5. O fio de 2 metros deve ter uma extremidade ligada na bateria e a outra solta.

Equipamento usado no experimento de condutividade elétrica

Agora que você possui o equipamento montado, prepare três soluções, colocando a mesma quantidade de água em três copos e, em seguida, adicionando o mesmo volume das substâncias ácidas, uma em cada copo.

Por fim, teste a força de cada ácido colocando as duas extremidades livres dos fios de cobre em cada solução.

Resultados e Discussão:

Quanto mais ionizado o meio, mais corrente elétrica será conduzida e mais intenso será o brilho da lâmpada. Assim, o ácido mais forte será aquele que resultar num brilho mais forte e o mais fraco será o que resultar num brilho menos intenso da lâmpada.

O professor pode pedir aos alunos para colocarem as substâncias usadas nesse experimento em ordem crescente de força ácida.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Alguns ácidos são mais fortes que outros porque uma quantidade maior de moléculas ionizam-se em meio aquoso
Alguns ácidos são mais fortes que outros porque uma quantidade maior de moléculas ionizam-se em meio aquoso
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola