Topo
pesquisar

Preparo de uma lâmina para Microscopia

Estratégias de ensino-aprendizagem

Entender como deve ser feito o preparo de uma lâmina para Microscopia é importante para a realização de aulas práticas para visualização de algumas estruturas.
PUBLICIDADE

Realizar aulas diferenciadas nem sempre é uma tarefa fácil. Entretanto, em escolas que contam com um laboratório voltado para as aulas de Ciências e Biologia, é possível realizar uma maior quantidade de atividades práticas.

Infelizmente, algumas vezes, as escolas contam com microscópio, mas não possuem lâminas permanentes para a observação. Nesses casos, é papel do professor montar suas próprias lâminas para Microscopia.

Como preparar uma lâmina para Microscopia

Algumas lâminas são extremamente fáceis de se preparar; outras, no entanto, necessitam de uma estrutura laboratorial mais complexa. A seguir ensinaremos a técnica básica para a preparação de lâminas para a Microscopia. A partir desse procedimento, o professor será capaz de criar outras lâminas além das ensinadas aqui.

Para preparar a lâmina para Microscopia, precisaremos dos seguintes componentes básicos:

  • Lâmina para microscópio;

  • Lamínula;

  • Água;

  • Material biológico a ser observado.

Com apenas esses componentes, é possível observar uma variedade de estruturas. Veja alguns exemplos:

Lâmina para observar cloroplastos

Você pode preparar uma lâmina para observar cloroplastos da seguinte maneira:

  1. Inicialmente pegue uma lâmina e coloque uma folha de elódea (encontrada em lojas que vendem materiais para aquários) ou um folíolo de musgo;

  2. Coloque uma gota de água sobre essas estruturas;

  3. Cubra o material com a lamínula.

Com essa simples lâmina, é possível observar cloroplastos nas células sem nem mesmo ser necessária a utilização de corantes. Vale destacar que as folhas a serem observadas devem ser finas como as aqui recomendadas ou devem ser feitos cortes, que podem ser realizados com lâminas para barbear, por exemplo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Lâmina para observar grão de pólen

Para montar uma lâmina para observar o grão de pólen, a técnica é também bastante simples:

  1. Inicialmente pegue uma lâmina e coloque sobre ela alguns grãos de pólen retirados da antera de uma flor;

  2. Coloque uma gota de água sobre os grãos;

  3. Cubra o material com a lamínula.

Com essa lâmina, é possível observar os grãos de pólen de uma flor, que se apresentam, normalmente, arredondados e amarelados. Vale destacar que os grãos variam de uma espécie para outra.

Lâmina para observar células da boca

Diferentemente das lâminas acima, as lâminas para observar células da boca necessitam de corante. O procedimento, no entanto, também é bastante simples. Veja só:

  1. Inicialmente raspe levemente o interior da boca com um cotonete;

  2. Posteriormente, passe o material coletado sobre uma lâmina;

  3. Coloque uma gota de corante azul de metileno;

  4. Cubra o material com a lamínula.

Observe que, apesar do uso do corante, o procedimento é o mesmo daqueles citados anteriormente. A partir dessa ideia básica, é possível observar outras estruturas no microscópio, como micro-organismos presentes em uma gota de água.

Atenção: Lembre-se de que, para observar uma estrutura no microscópio, deve haver passagem do feixe de luz. Assim sendo, materiais muito grossos são impossíveis de serem visualizados, sendo necessária a realização de cortes.


Por Ma. Vanessa dos Santos

As escolas nem sempre disponibilizam lâminas permanentes, devendo o professor confeccioná-las
As escolas nem sempre disponibilizam lâminas permanentes, devendo o professor confeccioná-las
Estratégias de ensino-aprendizagem Estudo dos tecidos
Estratégias de ensino-aprendizagem Mitose na raiz da cebola
Na Elodea, é possível observar as correntes citoplasmáticas
Estratégias de ensino-aprendizagem Observando a ciclose
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola