Topo
pesquisar

Produção de resina plástica em sala de aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

Esta estratégia de ensino aplica os conceitos de polímeros de forma prática, por meio da produção de resina plástica em sala de aula.
PUBLICIDADE

Este texto tem como principal objetivo propor uma estratégia de aula prática, para que os docentes de Química possam realizar com seus alunos uma produção de resina plástica em sala de aula.

Como o tema polímeros, muitas vezes, é tratado de forma teórica e apenas como um fechamento do conteúdo de Química Orgânica, realizar essa produção de resina plástica em sala de aula poderá enriquecer o aprendizado e tornar a aula bem mais atrativa.

Por envolver o estudo dos polímeros, sugerimos que esta proposta de produção de resina plástica seja aplicada para alunos de segunda ou terceira série do ensino médio.

Além de tornar o estudo dos polímeros mais próximo e palpável, esta proposta de aula ainda pode ser utilizada para a revisão de conteúdos da Química Orgânica, como:

Além de revisar outros aspectos importantes dentro da Química de forma geral, como:

  • Segurança em um laboratório de química;

  • Materiais de um laboratório de química.

Materiais e reagentes

  • Jaleco;

  • Luvas;

  • Conta-gotas;

  • Béqueres de vidro;

  • Colheres de chá;

  • Pipetas;

  • Peras de sucção;

  • Ácido clorídrico 37% (pode ser utilizado a solução denominada ácido muriático vendido em ferragistas);

  • Corantes de cores diversas (pode ser o alimentício);

  • Ureia em grânulos (que pode ser adquirida em loja de produtos agropecuários);

  • Formol.

Procedimento experimental

Obs.: Os alunos devem utilizar calças e sapatos fechados, ou tênis.

Sugerimos que o procedimento experimental seja realizado pelos alunos de forma individual ou, no máximo, por uma dupla, porém, o docente tem toda a liberdade de organizar sua turma de acordo com as condições e materiais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Obs.: Antes de iniciar a atividade, peça para que todos os alunos coloquem o jaleco e calcem as luvas.

Os passos para a realização procedimento experimental são:

  • 1º Passo: Adicionar 10 mL de formol em um béquer, utilizando uma pipeta e uma pera de sucção;

  • 2º Passo: Adicionar uma colher de chá de ureia ao béquer que contém o formol;

  • 3º Passo: Gotejar de 4 a 10 gotas do corante sobre a mistura do béquer;

  • 4º Passo: Utilizando a mesma colher do segundo passo, misturar bem;

  • 5º Passo: Adicionar 10 mL de ácido clorídrico, utilizando uma pipeta e a pera de sucção, em um outro béquer;

  • 6º Passo: Utilizando um conta-gotas, retirar um pouco do ácido clorídrico contido no béquer do quinto passo e adicionar 20 gotas na mistura contida no béquer dos primeiros passos.

Obs.: Faça seus alunos observarem o que ocorre em cada um dos passos.

Conclusão e discussão

Ao final da atividade prática, é interessante que o docente comente e discuta com os alunos o que houver durante esse processo. Explique ainda a reação química ocorrida e que resultou na formação da resina plástica.

Relembre com os alunos fórmulas químicas como a do ácido clorídrico, da ureia e do formol, sempre discutindo com eles a importância de cada uma dessas substâncias na atividade.

Por ser uma atividade prática, ou seja, de envolvimento e engajamento dos estudantes, é interessante que o docente possa bonificar os alunos, porém a pontuação e os quesitos avaliados durante a atividade ficam a cargo e a critério do docente.


Por Me. Diogo Lopes

Exemplos de resinas plásticas utilizadas na indústria
Exemplos de resinas plásticas utilizadas na indústria
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola