Whatsapp

Construção de um psicrômetro em sala de aula

Estratégias de ensino-aprendizagem

A construção de um psicrômetro em sala de aula pode ser feita para determinar a umidade relativa do ar e relacionar com o conteúdo de estudo dos gases.
Ilustração de psicrômetro usado para medição de umidade relativa do ar
Ilustração de psicrômetro usado para medição de umidade relativa do ar
PUBLICIDADE

Introdução:

Professor, esta é uma proposta de aula experimental que tem como foco a construção de um psicrômetro em sala de aula. Esse instrumento é usado na meteorologia para medir a umidade relativa do ar a partir da velocidade de evaporação da água no local.

Você pode utilizar o experimento para abordar assuntos de Química como o estudo dos gases ou a pressão máxima de vapor, que costuma ser abordada em sala de aula no conteúdo de propriedades coligativas.

Esta é também uma importante aula contextualizada, uma vez que a Meteorologia é uma ciência muito mencionada no dia a dia dos alunos, interferindo em vários aspectos da sociedade, como a agricultura e os transportes. Além disso, trata-se de um conteúdo interdisciplinar, pois essa ciência abrange a análise de dados atmosféricos, geográficos, marinhos, entre outros, e pode envolver principalmente os professores de Física, Geografia e Química.

A atividade aqui proposta também ajudará os alunos a familiarizarem-se com habilidades importantes que eles precisam desenvolver, tais como observação, medição, organização, apresentação, interpretação dos dados registrados em tabelas e gráficos, bem como a realização de cálculos.

Agora veja o que você precisará para a construção de um psicrômetro em sala de aula:

Materiais e reagentes:

* Água;

* Gaze;

* Dois termômetros iguais;

* Garrafa PET de 2 litros;
* Arame de 20 cm de comprimento e 2 mm de diâmetro;

* Linha;

* Copo ou recipiente transparente pequeno;

* Tabela com valores de umidade relativa do ar medida no psicrômetro, como a mostrada a seguir:

Tabela com valores de umidade relativa do ar medida no psicrômetro
Tabela com valores de umidade relativa do ar medida no psicrômetro

Procedimento experimental:

1. Faça dois furos pequenos (do diâmetro do arame) na altura do gargalo da garrafa PET;

2. Encha a garrafa com água até 1/3 do seu volume;

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

3. Passe o arame pelos furos e dobre as duas extremidades na forma de ganchos;

4. Pendure cada termômetro nas extremidades do arame;

5. Coloque água no copo ou recipiente transparente pequeno;

6. Envolva um dos termômetros com a gaze, fazendo uma espécie de bolsa. Você pode usar a linha para amarrar a gaze;

7. Mergulhe a gaze no copo com água.

O psicrômetro caseiro ficará assim:

Esquema de construção de um psicrômetro caseiro
Esquema de construção de um psicrômetro caseiro

8. Aguarde alguns instantes e anote os valores das temperaturas marcadas em cada termômetro.

Resultados e discussão:

Os alunos perceberão que a temperatura mostrada no termômetro com a gaze molhada será menor que a marcada no outro termômetro. Isso porque a água é absorvida pela gaze, resfriando o bulbo do termômetro. Quanto menor a umidade do ar, maior é o resfriamento da gaze.

A partir dos valores das temperaturas marcadas em cada termômetro e consultando a tabela mostrada acima, podemos determinar a umidade relativa do ar.

Digamos, por exemplo, que a temperatura marcada no termômetro seco seja igual a 27ºC, enquanto a temperatura marcada no termômetro úmido seja igual a 23ºC.

Temos então que ∆t (variação da temperatura) foi de 4 ºC:

∆t = tseco – túmido
∆t = (27 – 23)ºC
∆t = 4 ºC

Agora basta olhar na tabela o ponto que resulta da interseção da temperatura do termômetro seco (ts) e da varição da temperatura (∆t):

Determinação da umidade relativa do ar por meio de valores obtidos no psicrômetro caseiro
Determinação da umidade relativa do ar por meio de valores obtidos no psicrômetro caseiro

Veja que a umidade relativa do ar no local onde se realizou o experimento está em 72%.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Artigos Relacionados
Confira uma proposta de aula sobre clima e tempo que apresenta uma estratégia para diferenciar esses dois conceitos.
A importância da previsão do tempo para a vida moderna.
Influência da temperatura sobre o comportamento dos gases.
Aula experimental fácil, com materiais simples, sobre determinação da porcentagem em volume do gás oxigênio presente no ar.
Neste texto você verá um experimento bem simples, sobre compressibilidade dos gases, que pode ser usado pelo professor também para o conteúdo de estados físicos da matéria.
Como funciona e para que serve o Termômetro clínico.
Assuntos relacionados ao clima são imprescindíveis nas aulas.
Termômetro Científico, estrutura dos termômetros científicos, escala Celsius, escala Fahrenheit, procedimento para determinação dos pontos de fusão e ebulição da água, Temperatura de fusão, Temperatura de ebulição, identificação e classificação de substâncias, pontos de fusão e ebulição da água, termômetro científico, Cronômetro, bico de bunsen.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola