Whatsapp

Mensagem secreta

Estratégias de ensino-aprendizagem

Uma mensagem secreta pode ser escrita com suco de limão. Para ler o que está escrito, basta passar o papel com um ferro de passar roupas.
PUBLICIDADE

Neste artigo serão mostrados dois métodos de se produzir uma mensagem secreta, que somente quem conhecer o “truque”, ou melhor, a explicação química, conseguirá descobrir o que está escrito.

O professor pode realizar o primeiro experimento com os alunos como um método de identificação do ácido cítrico no limão e na laranja, e o segundo pode ser usado para fixar o conteúdo de indicadores ácido-base.

Materiais e reagentes:

1º Método:      2º Método:
- Limão ou laranja;  - Solução de fenolftaleína;
- Uma folha de papel;   - Uma folha de papel;
- Um copo;     - Um borrifador;
- Cotonete ou pincel fino;   - Cotonete ou pincel fino;

-Ferro de passar roupas (pode-se usar também uma vela ou um secador de cabelos).               

 - Solução de hidróxido de sódio (0,1mol/dm3 é suficiente) ou solução saturada de hidróxido de cálcio.
   
   

Procedimento experimental:

1º Método:

  1. Esprema o suco de limão (ou de laranja) em um copo;
     
  2. Mergulhe o pincel (ou o cotonete) e escreva alguma mensagem sobre o papel. O pincel dá um melhor resultado que o cotonete;
     
  3. Deixe secar. Ficará incolor e ninguém conseguirá ler a mensagem;
     
  4. Para descobrir o que está escrito, passe várias vezes a folha de papel com um ferro de passar roupas ligado. Atenção! Passe do lado contrário e coloque um pano velho debaixo da folha para não sujar. Essa parte também pode ser feita usando-se um secador de cabelos bem quente ou aproximando a folha de papel de uma vela acesa, mas tome cuidado para não aproximar muito o papel da chama;
     
  5. Observe o que acontece.


Passo a passo do experimento da mensagem secreta de limão

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2º Método:

A única diferença é que você irá mergulhar o pincel na solução incolor de fenolftaleína para escrever sobre o papel. Ela também ficará incolor, e para aparecer basta borrifar a solução de hidróxido de sódio sobre o papel.

Resultados e discussão:

1º Método:

No primeiro método, usamos o limão e a laranja, que possuem em sua constituição o ácido cítrico, cuja fórmula está representada abaixo e que, em solução aquosa, é incolor. Ao passar pelo calor, esse ácido sofre uma reação e transforma-se em uma substância de cor castanha. 


Fórmula do ácido cítrico

É por isso que se a nossa pele estiver suja de suco de limão e sairmos ao sol, ela pode ficar com manchas escuras.

O cloreto de cobalto também é uma substância que muda de cor do rosa para o azul por ação do calor e pode ser usado nesse tipo de experimento. Mas, nesse caso, o princípio básico do experimento baseia-se no deslocamento do equilíbrio químico. Veja como isso ocorre lendo o texto: Deslocamento do equilíbrio químico e mudança de cor 

2º Método:

No segundo método, a fenolftaleína, que é um indicador ácido-base, foi utilizada, ou seja, na presença de substâncias ácidas e básicas, ela muda de cor. Assim, quando se borrifou o hidróxido de sódio, que é uma base, ela mudou para uma coloração avermelhada e a mensagem secreta apareceu.

Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Quer escrever uma mensagem confidencial? Aprenda como no experimento a seguir
Quer escrever uma mensagem confidencial? Aprenda como no experimento a seguir
Artigos Relacionados
Confira um experimento que explica como funcionam os “galinhos do tempo”, bibelôs que mudam de cor e ajudam a prever o tempo por meio do deslocamento do equilíbrio químico.
Esse experimento consiste na determinação da acidez de uma amostra de suco de limão ou de laranja, que pode ser usada para explicar o conteúdo de Titulação ácido-base.
Aprenda a fazer seu próprio indicador ácido-base.
Nesse experimento é possível verificar como o ferro presente em uma esponja de aço interage com o ácido cítrico do refrigerante de limão e do próprio suco de limão.
Medindo a acidez e alcalinidade de substâncias.