Topo
pesquisar

Solução simples para aquecimento em casas de madeira

Estratégias de ensino-aprendizagem

Uma solução simples e inteligente para conseguir o aquecimento em casas de madeira é usar mantas feitas com a reciclagem de caixas de leite.
PUBLICIDADE

Em dias e, principalmente, em noites frias, quem mora em casas simples, onde não se consegue encontrar madeiras o suficiente para tampar tantos buracos, sofre, pois o vento gelado é insistente. Tem também o problema da chuva, que infiltra nas casas molhando os moradores e degradando objetos dentro do lar. Essa situação é ainda mais preocupante em casas com crianças, que ficam muito doentes, mas os pais que não têm condições econômicas não sabem o que fazer.

Mas, há uma solução simples e inteligente que tem ajudado várias famílias a resolverem esse problema e ainda por cima ajudar o meio ambiente, porque se trata também de uma reciclagem.

O que se pode usar para tampar as frestas da casa e escapar do vento gelado são caixas de leite, que possuem no seu interior uma camada de alumínio, que é um bom condutor de calor.

Caixa de leite pode ser usada para aquecer casas

Veja como isso funciona entendendo como ocorre o processo da transmissão de calor:

O calor é uma energia em trânsito, isto é, quando colocamos dois objetos de temperaturas diferentes em contato, a lei zero da termodinâmica garante que, com o decorrer do tempo, parte da energia interna do objeto de maior temperatura passará para o de menor temperatura. A essa energia que se transfere de um corpo para o outro, em razão apenas da diferença de temperatura entre eles, chamamos de calor ou energia térmica.

Assim, no caso das casas de madeira ocorre que dentro a temperatura está maior (mais quente) que de fora, e como há contato por meio das frestas, o calor é transferido para fora, fazendo com que a casa fique com a temperatura mais baixa que antes (mais fria). A madeira e o papel são isolantes térmicos, isto é, não transmitem bem o calor, já o alumínio é um metal bom condutor térmico.

Você pode observar essa diferença quando cozinha: a panela é feita de um bom condutor térmico, como o alumínio, por exemplo, para que o fluxo de energia térmica da chama para os alimentos seja grande. Já o seu cabo é feito de um bom isolante, como a madeira, o que minimiza o fluxo de energia térmica da panela para a mão do cozinheiro.

Outro exemplo é pensar no seguinte: se você usar uma colher de madeira e uma de alumínio, qual você não poderá deixar na panela quente? A de alumínio, não é mesmo?! Pois ela irá se aquecer rapidamente, e isso já não ocorre com a colher de madeira.

Condução de calor em panela e colher de alumínio

Essa diferença entre os materiais isolantes e condutores se dá devido à agitação das partículas. No caso dos condutores, como os metais, incluindo o alumínio, eles possuem grande quantidade de elétrons livres, que se movimentam com maior liberdade e, dessa forma, se agitam mais, transmitindo o calor de uma partícula a outra. Já na madeira, no papel e em outros materiais isolantes isso não ocorre porque suas partículas não possuem muita liberdade de movimentação.

Com base nessas informações, não seria muito eficiente cobrir toda a casa com madeira, pois ela não permitiria o fluxo do calor do sol em dias ensolarados para dentro da casa, assim poderia ficar quente de fora e frio por dentro; além do fato já mencionado de muitas vezes não haver madeira suficiente para todas as casas. Assim, o uso de caixas de leite é eficiente para resolver o problema do frio e das chuvas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Visto que na parte interna da caixa há duas camadas de plástico, coloca-se essa parte voltada para fora da casa, pois há uma chance maior de proteger da chuva. Além disso, em dias com sol, a radiação solar incide sobre a parte de alumínio da caixa e ele conduz bem esse calor, aquecendo a casa.

Já em dias frios, o calor de dentro da casa não é transferido para fora, pois essa energia “bate” na parte de papel, que é isolante, e não permite que ele seja transmitido para o lado de fora.

Isso também pode ser feito no caso de quem quer resfriar a casa em lugares muito quentes ou resfriar galpões, como os que estocam comida. Para tal, a única diferença é o sentido que irão ser colocadas as caixas leite, formadas por 5% de alumínio, 20% de plástico e 75% de papelão. Nesse caso, a parte de alumínio deverá ficar voltada para dentro da casa ou galpão. O alumínio reflete mais de 95% do calor, ajudando a diminuir a temperatura interna nos ambientes em até 8ºC.

Resfriamento de casa com alumínio de caixa de leite

Os professores de química ou de física, ou mesmo professores de outras matérias, podem mobilizar as escolas para ajudar as famílias carentes nesse sentido. Isso pode ser feito coletando o maior número possível de caixas de leite, lavando e secando essas caixas, cortando o fundo e abrindo a lateral.

Processo de reciclagem de caixa de leite para aquecer ou resfriar casa

Depois disso, elas devem ser unidas umas as outras com a ajuda de um grampeador, todas no mesmo sentido. Isso é importante, pois se for colocada uma caixa num sentido e outra em outro sentido, há o risco da água da chuva passar e entrar na casa.

Caixas de leite unidas no mesmo sentido

Com doze caixas de leite dá para fazer uma chapa de 1 m2.  A casa fica até mesmo mais colorida e aconchegante, sendo que é totalmente revestida (desde o teto até as paredes) pelas caixas de leite.

Casa com paredes revestidas com caixas de leite

É um projeto que pode ser aplicado em inúmeras regiões e que além de motivar os alunos a fazerem o bem ao próximo, se importarem com as necessidades dos outros e até mesmo ajudar as famílias dos próprios alunos; pode também levá-los a tomar ações que ajudarão o meio ambiente. Essas embalagens não irão para o lixo, deixando de ser jogadas nos lixões, nos terrenos baldios, nos bueiros, córregos e rios, entupindo a passagem da água e provocando enchentes e inundações nas comunidades. Elas serão reutilizadas e poderão transformar várias vidas.

Caixas de leite aumentando o problema do lixo

Para ver melhor como esse projeto vem sendo colocado em prática na cidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, assista ao vídeo “Solução simples e inteligente para aquecimento de uma casa pobre”.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Existe uma solução barata e simples para acabar com o frio em casa de madeira e melhorar a saúde das crianças
Existe uma solução barata e simples para acabar com o frio em casa de madeira e melhorar a saúde das crianças
Saber a energia dos alimentos (valor calórico) e sua composição é importante para manter uma dieta saudável
Estratégias de ensino-aprendizagem Medindo a energia dos alimentos
A formação de cidadãos críticos envolve um conhecimento mínimo de Química, pois essa ciência está presente em toda a sociedade
Estratégias de ensino-aprendizagem Ensino de Química para formar cidadãos
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola